01/07/2020 às 08h20min - Atualizada em 01/07/2020 às 08h20min

Começa vigência do plano safra 2020/2021

Rádio Progresso

Começa hoje a operacionalização do plano safra 2020/2021 do governo federal. Com isso, os financiamentos poderão ser contratados a partir desta quarta-feira até 30 de junho do próximo ano. O novo plano safra disponibiliza 236 bilhões e 300 milhões de reais para apoiar a agricultura brasileira, aumento de 13 bilhões e 500 milhões de reais em relação ao plano anterior.

Do total, pouco mais de 179 bilhões vão ser destinados ao custeio e comercialização e  56 bilhões, 920 milhões de reais para investimentos em infraestrutura. A agricultura familiar terá 33 bilhões de reais para financiamento pelo Pronaf, com juros de 2,75% e 4% ao ano, para custeio e comercialização.

Para os médios produtores rurais, vão ser destinados 33 bilhões e 100 milhões de reais, por meio do Pronamp, com taxas de juros de 5%. Para os grandes produtores, a taxa de juros será de 6% ao ano. Para todos os agricultores houve redução da taxa de juros em relação ao plano safra anterior.

Já a subvenção ao Prêmio do Seguro Rural conta com acréscimo de 30% no valor. Para incentivar a construção de armazéns nas propriedades, são destinados dois bilhões e 200 milhões de reais. Os agricultores familiares têm possibilidade de continuar com uso do crédito para financiar e reformar casas rurais. O filho do agricultor familiar, que possua Declaração de Aptidão ao Pronaf, poderá solicitar financiamento para construção ou reforma de moradia na propriedade dos pais.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »