06/07/2020 às 05h31min - Atualizada em 06/07/2020 às 05h31min

Inter estuda possibilidade de treinar fora do RS

Correio do Povo
Após o recrudescimento das restrições em Porto Alegre anunciadas nessa sexta pelo prefeito Nelson Marchezan, o Inter estuda a possibilidade de treinar fora do Rio Grande do Sul. O Colorado avalia que precisa treinar com bola pelo menos 15 dias antes do retorno das competições. Caso não consiga fazer isso no Estado, deverá se deslocar para outro lugar. Provavelmente, Santa Catarina. capa Entrar Assine CAPA NOTÍCIAS ESPORTES ARTE & AGENDA BLOGS PODCASTS JORNAL COM TECNOLOGIA VIVA BEM CORREIO MAIS INTERIOR ESPECIAL Buscar... CPMAIS CENTRAL DO ASSINANTE LOJA WEBMAIL SIGA O CORREIO DO POVO WhatsApp Facebook Twitter Youtube Instagram ☰ capa Inter estuda possibilidade de treinar fora do RS Opções avaliadas em território catarinense são Florianópolis, Tubarão e Criciúma 04/07/2020 | 12:30 Por Correio do Povo e Rádio Guaíba Inter treina em Porto Alegre Inter treina em Porto Alegre | Foto: Ricardo Duarte / Inter / CP Ouça a matéria clicando aqui! PUBLICIDADE Com informações de Cristiano Silva Após o recrudescimento das restrições em Porto Alegre anunciadas nessa sexta pelo prefeito Nelson Marchezan, o Inter estuda a possibilidade de treinar fora do Rio Grande do Sul. O Colorado avalia que precisa treinar com bola pelo menos 15 dias antes do retorno das competições. Caso não consiga fazer isso no Estado, deverá se deslocar para outro lugar. Provavelmente, Santa Catarina. PUBLICIDADE As opções avaliadas em território catarinense são Florianópolis, Tubarão e Criciúma. Nessa sexta, o vice-presidente do Inter, João Patrício Hermann, afirmou que o clube deseja concluir o Gauchão dentro de campo, independente de eventuais conflitos no calendário caso o Brasileirão comece no dia 9 de agosto. "Queremos terminar o campeonato dentro de campo, mesmo que as datas sejam apertadas. A intenção é cumprir aquilo que está acordado no regulamento da competição, sem virada de mesa", afirmou Hermann em entrevista à Rádio Guaíba.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »