18/09/2020 às 09h22min - Atualizada em 18/09/2020 às 09h22min

Governo do RS libera realização de eventos comerciais e corporativos

Gaúcha ZH
O governo do Estado decidiu liberar, a partir da próxima semana, a realização de eventos corporativos e comerciais, o que inclui feiras, exposições, seminários, congressos, simpósios, palestras, treinamentos, oficinas e similares. A flexibilização será oficializada em decreto, na segunda-feira (21), e entrará em vigor até terça (22).
O anúncio foi feito pelo governador Eduardo Leite, nesta quinta-feira (17), durante a live semanal para tratar da situação da pandemia de coronavírus no RS. Leite destacou que os protocolos serão divulgados na próxima semana e foram definidos após a realização de eventos-teste.
— Entendemos que a gente pode dar um passo em relação a esse tema, tendo em vista a repercussão econômica e tendo em vista também que uma atividade de feira de exposição, com regras e protocolos, não se difere muito de um shopping center, por exemplo. A feira reúne estandes, lojas, comércio e outras atividades de apresentação de estudos e pesquisas — disse Leite.
Em nota oficial, o Grupo LiveMKT comemorou o pronunciamento do governador. "Finalmente uma resposta concreta, mas é apenas o início de uma retomada de muita luta. Estamos entusiasmados", fiz um trecho do texto. A companhia, que foi responsável pela organização do evento-teste no Auditório Araújo Vianna, no último fim de semana, aguarda o anúncio dos protocolos para estabelecer suas próximas ações.
O Porto Alegre e Região Metropolitana Convention Bureau (POACVB), entidade que capta eventos para a Capital e que realizou o evento-teste no Centro de Eventos da Fiergs na última sexta-feira (11), informou que está feliz com a notícia e que "é apenas o inicio de uma retomada de muita luta, de 6 meses". "Temos muito trabalho ainda pela frente", diz um trecho, afirmando que também aguarda o decreto da próxima segunda.
Casamentos e formaturas seguem proibidos
Por outro lado, os eventos sociais e comemorativos seguirão proibidos, sem prazo para liberação.
— Os eventos sociais e comemorativos não serão permitidos ainda, neste primeiro protocolo. Mantemos a proibição dos eventos como casamentos, formaturas e festas de 15 anos — disse Leite.
A presidente da Associação Gaúcha de Empresas e Profissionais de Eventos (AGEPES), Claudia Fattore de Matos, afirma que as companhias ficaram felizes com a liberação, mesmo que não atenda todas as expectativas, já que alguns dos associados se dedicam exclusivamente a eventos sociais. Claudia concorda que eventos que tenham pista de dança e confraternizações sociais possuem mais risco de contágio, mas aponta que cerimônias de formatura e pequenos jantares familiares já poderiam ocorrer.
Uma prova disso foi um evento-teste de uma colação de grau em Gramado (RS), seguindo todos os protocolos sanitários.
— É preciso dar sequência no social, porque existe uma série de eventos planejados para o ano que vem, inclusive de clientes com contratos já assinados. Vamos aguardar um pouco, esperar a estabilização desse protocolo da semana que vem e amadurecer itens como o de lotação máxima — reforça Claudia.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »