14/01/2021 às 17h58min - Atualizada em 14/01/2021 às 17h58min

STF pede que estados informem estoques de seringas em cinco dias

Correio do Povo
O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), intimou nesta quinta-feira (14) os estados a informar a quantidade disponível de agulhas e seringas para vacinação contra a Covid-19.
 
A solicitação surge após o Ministério da Saúde dizer que não possui estoque disponível dos materiais para vacinar a populaão brasileira. De acordo com a pasta, as aquisições são realizadas pelos próprios estados e que alguns deles não possuem o material.
“Intimem-se todos os Estados da Federação e o Distrito Federal para que informem, no prazo de até 5 (cinco) dias, qual a quantidade de agulhas e seringas que possuem em seus estoques”, escreveu o ministro.
 
RS garante ter seringas
No caso do Rio Grande do Sul, a fala da secretária da Saúde, Arita Bergmann, é de que o estado conta com o material. O Piratini disse que 2020 terminou com estoque de 4,5 milhões de seringas. Nesta semana, foram adquiridas outras 10 milhões.
Com a campanha de vacinação prevista para iniciar na próxima quarta-feira – inicialmente com profissionais da saúde – Arita projetou que cerca de 1,5 milhão de gaúchos sejam vacinados até o meio deste ano. No entanto, conforme ela, a campanha se estenderá ao longo de todo o 2021 e as medidas de prevenção, como uso de máscaras e o distanciamento social, permanecerão por ora. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »