23/03/2021 às 11h16min - Atualizada em 23/03/2021 às 11h16min

Novo lote de vacinas começa a ser distribuído no RS

Remessa com 322 mil unidades chegou no sábado (20) ao Estado

GZH

O lote de 322 mil doses de vacinas contra a covid-19 que chegou ao RS na manhã de sábado (20) começou a ser distribuído aos municípios gaúchos na tarde da segunda-feira (22). A logística de entregas do governo do Estado projeta que todas as 18 Coordenadorias de Saúde do RS estarão com as unidades a que têm direito até o final da terça-feira (23). A partir daí, os órgãos regionais se encarregam da distribuição aos municípios.

 

A remessa atual se destina à aplicação da primeira dose para idosos, quilombolas e profissionais da saúde. São 285,8 mil ampolas de CoronaVac e 36,2 mil da AstraZeneca/Oxford. O maior percentual foi destinado a Porto Alegre, que contou com o reforço de 44,7 mil doses e ampliará a vacinação para pessoas com 72 anos a partir de quarta-feira (24). A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) estuda ainda a ampliação da campanha para pessoas com 68 anos ou mais e deve publicar novo calendário ao longo da semana.  


O montante de 11.270 doses será entregue à prefeitura de Caxias do Sul, na serra gaúcha, o segundo município que mais receberá vacinas dessa remessa. Na sequência vem Pelotas, que aumentará seus estoques com 10.945 novas ampolas e Canoas, com 8.195. Santa Maria receberá 7.585 doses e Gravataí, 6.610.

 

Para o médico Luciano Goldani, professor de Doenças Infecciosas da Universidade Federal do RS (UFRGS) e infectologista do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), a chegada de imunizantes ainda está em ritmo aquém do necessário para controlar a pandemia. 

 

— É uma pena que não tenhamos vacinas chegando em quantidades maiores, pois, via SUS, temos experiência e capacidade para vacinar as pessoas muito rápido. Aumentando o número de imunizados, teríamos certamente um grande decréscimo nas internações, como já ocorre no Reino Unido e em Israel, por exemplo. Com mais doses, poderíamos controlar essa doença de forma mais efetiva do que estamos fazendo agora, que é pelo distanciamento — afirma Goldani. 


De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde (SES), a maior parte da distribuição está ocorrendo por via terrestre, mas um helicóptero da Polícia Civil e um da Brigada Militar têm voos previstos para a hoje(23) para auxiliar nas entregas. 

 

Desde esta tarde, estão disponíveis para retirada na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), em Porto Alegre, as cargas para as Coordenadorias de Saúde de Pelotas, Bagé, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul, Lajeado, Osório e para a SMS de Porto Alegre. Também sairiam nesta segunda, da Capital, os veículos com destino às Coordenadorias de Saúde de Cruz Alta, Santo Ângelo, Santa Rosa e Ijuí. 

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »