03/04/2021 às 08h11min - Atualizada em 03/04/2021 às 08h11min

Lote com 645.150 vacinas contra a covid-19 chega ao RS

GaúchaZH

O avião trazendo o maior lote até agora com vacinas contra a covid-19 chegou ao Rio Grande do Sul às 6h20min da sexta-feira (2) no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. São 645.150 doses das vacinas de Oxford/AstraZeneca e da CoronaVac. A nova remessa irá auxiliar na ampliação da imunização de idosos, além de contemplar 29 mil trabalhadores da área de segurança e salvamento. Parte da quantia também será reservada à segunda dose.

São 44.750 doses da vacina de Oxford/AstraZeneca produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e outras 600.400 de CoronaVac, do Instituto Butantan. Essa vai ser a maior remessa desde o início da vacinação. O Rio Grande do Sul já recebeu 2.216.450 doses.

Logo após o pouso, a aeronave trazendo os imunizantes — vinda de Guarulhos, em São Paulo — começou a ser descarregada. Um caminhão refrigerado foi colocado ao lado do avião e recebeu a carga de vacinas. Um forte aparato policial e de apoio logístico esteve envolvido na operação.

O veículo deixaria o terminal escoltado por duas viaturas da Polícia Federal. A carga será levada à Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), na zona leste da Capital.

Até esta sexta-feira, o Rio Grande do Sul já registrou aproximadamente 1,5 milhão de doses aplicadas, com cerca de 1,1 milhão de pessoas que receberam a primeira dose, e 305 mil que já completaram o esquema com a segunda aplicação.

Distribuição durante o feriado

Durante o feriado desta Sexta-Feira Santa, a Secretaria Estadual da Saúde (SES) fez a distribuição das doses aos municípios. Por via aérea, foi entregues as doses correspondentes das 4ª CRS (Santa Maria), 5ª (Caxias) e 10ª (Alegrete), por meio de helicópteros da Brigada Militar e da Polícia Civil.

As demais foram realizadas por via terrestre. Alguns dos municípios próximos da Capital poderão buscar suas vacinas diretamente na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), em Porto Alegre.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »