30/08/2021 às 14h29min - Atualizada em 30/08/2021 às 14h29min

Em jogo de confronto direto, Inter empata sem gols com o Atlético-GO pelo Brasileirão

GaúchaZH

O Inter desperdiçou a chance de subir na tabela do Brasileirão. Em uma rodada nas quais praticamente todos os resultados paralelos ajudaram, o time de Diego Aguirre ficou no 0 a 0 com o Atlético-GO, em Goiânia, e permaneceu na 10ª posição. A vitória teria levado a equipe a sétimo lugar. Agora, serão duas semanas sem jogos já que a próxima rodada, contra o Bragantino, foi adiada pela CBF em razão da convocação de Edenilson. Assim, os colorados entrarão em campo apenas em 13 de setembro, na Ilha do Retiro, contra o Sport.

Diego Aguirre perdeu Gabriel Mercado no último treino, no qual o argentino sofreu uma pancada. Ficou no banco e Heitor assumiu o lugar na lateral direita. Para a vaga de Lindoso, suspenso, o escolhido foi Johnny. Manteve-se, assim, o modelo com dois volantes mais combativos, estratégia que havia funcionado contra Flamengo, Fluminense e, de certa forma, Santos.

A primeira grande chance foi do Inter. Aos nove, Yuri Alberto recebeu ná area, acossado pelo goleiro,  conseguiu girar e tocar para trás, onde chegava Patrick. Na dividida com a defesa, a bola voltou ao centroavante, que chutou, mas Fernando Miguel defendeu.

Depois disso, foram praticamente 20 minutos de vantagens das defesas sobre os ataques, sem que houvesse qualquer chute que levasse perigo aos goleiros. Só aos 28 o Inter levou um susto.  Um lançamento do meio do campo encontrou André Luís entrando sozinho pela direita. Na cara de Daniel, ele concluiu para o gol. O lance, porém, foi anulado por impedimento, flagrante após um desvio de Zé Roberto, que fez a bola chegar até o atacante.

O goleiro colorado voltou a fazer boa defesa aos 32. De fora da áre, João Paulo arriscou e Daniel voou para espalmar. Na sequência, o esperado contra-ataque quase entrou, com Taison esticando para Edenilson, mas seu cruzamento foi cortado antes que chegasse em Yuri Alberto.

A etapa inicial terminou com índices de acerto de passe abaixo dos 80%, com o Atlético-GO errando 46 e o Inter, 51. Tudo isso em 46 minutos.

O segundo tempo começou com outro cenário, tendo os donos da casa mais incisivos. Aos dois minutos, em boa jogada pela esquerda, Janderson bateu e Daniel salvou — o lance foi anulado por impedimento. Aos cinco, Dourado não conseguiu antecipar João Paulo, que se livrou da marcação e bateu. A bola já tinha passado por Daniel, mas Bruno Méndez salvou em cima da linha.

Aos 15, Aguirre fez a primeira troca. Ele tirou Johnny e colocou Guerrero. Com isso, Yuri Alberto foi para a extrema direita, Edenilson deslocou-se para o meio, deixando o peruano como centroavante.

Dez minutos depois, a segunda substituição. Forçada. Taison sentiu dores em uma dividida e precisou sair. Palacios entrou em seu lugar. Aguirre aproveitou a parada para trocar também Moisés por Paulo Victor.

Em sua primeira participação, Palacios tabelou com Heitor. O lateral, em vez de cruzar, enganou a marcação e trouxe para o meio. Com coragem, arriscou de pé esquerdo, a bola beijou a trave de Fernando Miguel, chegou a voltar para o meio da área, mas ninguém pegou o rebote.

As últimas substituições foram ofensivas, com Caio Vidal no lugar de Patrick e Mauricio na vaga de Yuri Alberto. Ambos participaram de um bom ataque aos 39. Mauricio arrancou pela direita e serviu Caio, que chutou, mas a zaga cortou para escanteio.

Depois, os dois times pareceram satisfeitos com o empate (ou apenas cansados) e o placar permaneceu em branco em Goiânia.

FICHA TÉCNICA
Brasileirão — 18ª rodada — 29/8/2021

ATLÉTICO-GO
Fernando Miguel; Arnaldo, Wanderson, Éder e Igor Cariús; Gabriel Baralhas, Willian Maranhão e João Paulo; André Luís (Rickson, 33'/2ºT), Arthur Henrique (Janderson, 28'/1ºT) e Zé Roberto (Montenegro, 33'/2ºT). Técnico: Eduardo Barroca.

INTER  
Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Cuesta e Moisés (Paulo Victor, 25'/2ºT); Dourado e Johnny (Guerrero, 15'/2ºT); Edenilson, Taison (Palacios, 25'/2ºT) e Patrick (Caio Vidal, 35'/2ºT); Yuri Alberto (Mauricio, 35'/2ºT). Técnico: Diego Aguirre.

Cartões amarelos: Zé Roberto (A); Dourado, Palacios (I).
Local: Estádio Antônio Accioly, Goiânia.
Marielson Alves Silva, auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Edevan de Oliveira Pereira (trio baiano). VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (Rio de Janeiro). 

Próximo jogo
Brasileirão — 20ª rodada
13/9/2021 — 20h
Sport x Inter


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »