28/09/2021 às 08h26min - Atualizada em 28/09/2021 às 08h26min

Polícia Civil do RS realiza formatura de 247 escrivães e inspetores

GZH

Utilizando máscaras em alusão aos 180 anos da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, 247 alunos da Academia de Polícia receberam seus diplomas de inspetores e escrivães de polícia nesta segunda-feira (27). Os novos agentes ingressam na instituição em concurso público iniciado em fevereiro de 2018. O evento contou com a participação de familiares e amigos dos formandos no Centro de Eventos da PUCRS, em Porto Alegre.

Os novos agentes, 121 escrivães e 126 inspetores, estudaram durante seis meses na Academia de Polícia do Estado. Eles devem tomar posse na próxima quarta-feira (29). Um vídeo mostrando as atividades, como aulas de defesa pessoal, educação física, combate a incêndio e outras técnicas foi reproduzido durante a cerimônia.

Na formatura, o vice-governador e secretário de Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, foi o paraninfo dos novos policiais. Em seu discurso, destacou o início de mais uma turma de agentes a partir do próximo mês de novembro e comemorou a redução dos números da criminalidade no Rio Grande do Sul nos últimos anos. Aproveitou, ainda, para se manifestar, pela primeira vez, sobre o roubo com morte da jovem Cristiane da Costa dos Santos, 20 anos, há cinco dias. 

— Na manhã de hoje, após dar o tempo a família para absorver essa tragédia, fiz contato com os familiares dessa moça para expressar solidariedade em nome do Rio Grande do Sul. Disse a eles que não vamos medir esforços para elucidar esse fato. Vamos colocar na cadeia os indivíduos que cometeram esse crime — prometeu Ranolfo. 

A diretora-geral da Academia de Polícia, delegada Elisangela Melo Reghelin, destacou a presença de alunos de diferentes áreas profissionais e regiões do Brasil. Segundo ela, a maioria da turma de escrivães é formado por mulheres (76 alunas de 121 formandos). Já a de inspetores, por homens (89 alunos de 126).

— Vocês venceram a mais difícil etapa do concurso público: a Academia de Polícia. É a última fase do concurso público, estando aptos para ingressarem nessa apaixonante trilha que é ser policial civil. Felicidades na jornada e que encontrem a satisfação e a realização de bem servir através de uma investigação criminal de qualidade — disse aos formandos.

Os oradores da turma destacaram a presença de colegas de outras partes do país e que agora se juntam à corporação gaúcha. Os dois primeiros colocados de cada turma receberam uma pistola 9 milímetros da empresa Taurus. 

— Seremos policiais civis, escrivães e inspetores, que com muito orgulho carregaremos a estrela com 12 pontas preta e branca. Nós, entre poucos privilegiados, saberemos o quão gratificante será — disse a oradora e escrivã Taciana Nunes Pereira.

A chefe de Polícia, delegada Nadine Anflor, falou sobre os desafios da formação durante a pandemia e a adoção de protocolos de segurança durante o curso. Além disso, ressaltou que os formandos concluíram um concurso público com mais de 44 mil candidatos 

— Hoje, a Polícia Civil está em festa. Uma nova vida se avizinha, repleta de operações policias nas madrugadas, de sair de casa sem ter hora para retornar, dos plantões e dos sobreavisos. Uma vida cheia de desafio, mas repleta de humanidade. Serão vocês que farão a diferença numa sociedade que tanta clama por segurança pública — finalizou.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »