01/11/2021 às 15h58min - Atualizada em 01/11/2021 às 15h58min

Inter perde para o São Paulo e pode terminar a rodada fora do G-6 no Brasileirão

GZH
 

A oportunidade de encostar ainda mais no pelotão da frente do Brasileirão foi mais uma vez desperdiçada pelo Inter. Jogando com desfalques no Morumbi, o Colorado foi derrotado pelo São Paulo por 1 a 0 e segue na sexta posição na tabela com 41 pontos. Gabriel Sara, aos quatro minutos do primeiro tempo, fez o gol que deu a vitória para os paulistas.

Até o final da rodada, a equipe gaúcha pode perder o posto, caso o Corinthians vença ou empate com a Chapecoense na Arena Corinthians nesta segunda-feira (1º), o que deixaria o time fora da zona de classificação para a Libertadores de 2022.

A nova chance de ficar mais perto dos primeiros colocados será no próximo sábado, às 19h, contra o Grêmio, no Beira-Rio.

Em relação aos últimos jogos, o Colorado já acumulava pelo menos cinco desfalques no time titular para o confronto contra o São Paulo. Patrick, Dourado e Mercado estavam suspensos por cartões contra o Corinthians, Moisés foi diagnosticado com uma lesão muscular e Taison foi poupado por desgaste. Eles foram substituídos por Maurício, Johnny, Saravia, que retornou em relação à última semana, Paulo Victor e Boschilia. Bruno Méndez, suspenso contra os paulistas na rodada passada, retornou à equipe na vaga de Kaique Rocha.

Minutos antes da partida, com a equipe em campo, Diego Aguirre ganhou mais um problema. Yuri Alberto sentiu um desconforto no tornozelo esquerdo durante o aquecimento e foi substituído pelo garoto colombiano Juan Cuesta, fazendo com que o Inter entrasse sem um centroavante fixo. O atacante era um dos pendurados e poderia desfalcar a equipe no Gre-Nal da próxima semana, caso recebesse o cartão amarelo neste domingo. O São Paulo optou por um esquema com três zagueiros, utilizando-se da ofensividade dos laterais Orejuela e Reinaldo.

Não demorou para que o São Paulo abrisse o placar. Aos quatro minutos, Gabriel Sara recebeu nas costas da defesa colorada, venceu Bruno Méndez na corrida e finalizou cruzado para superar o goleiro Marcelo Lomba. O gol deixou o Inter ainda mais pressionado no campo de defesa, sem conseguir explorar os contra-ataques com Maurício, Boschilia e Edenilson.

As oportunidades paulistas foram aumentando. Primeiro, em mais uma chance de Gabriel Sara, que aproveitou cobrança de escanteio de Reinaldo e tocou de cabeça, mas a bola passou ao lado da goleira de Lomba. Dois minutos depois, um lance que parecia repetição do gol são paulino. Depois de um escanteio colorado, Sara achou Rigoni, que superou Bruno Méndez e bateu cruzado, mas dessa vez a sorte ajudou o Inter e a bola saiu pela linha de fundo.

O São Paulo seguia pressionando. Reinaldo arriscou de fora da área, Lomba bateu roupa, mas Rigoni não conseguiu concluir para ampliar o placar para os paulistas. Aos 15, o Inter teve seu primeiro chute mais perigoso. Boschilia arriscou de fora da área, mas a bola ficou nas mãos de Tiago Volpi. Sem encontrar espaços na defesa são-paulina, restava ao Colorado arriscar chutes de longa distância. Foi assim que surgiu a melhor chance. Lindoso ajeitou o corpo e bateu, mas a bola foi no travessão e saiu pela linha de fundo.

Já no final do primeiro tempo, aos 42 minutos, Rigoni recebeu livre, na frente de Marcelo Lomba, tentou fazer por cobertura, mas a bola saiu fraca e a tempo do goleiro do Inter se recuperar.

No intervalo, o técnico Diego Aguirre fez duas mudanças. Kaique Rocha e Caio Vidal entraram nas vagas de Paulo Victor, que ficou sentindo depois de um choque na etapa inicial, e de Boschilia. Assim, Cuesta ficou com uma linha de três zagueiros. No São Paulo, Orejuela deu lugar a Igor Vinicius.

E o segundo tempo começou do mesmo jeito que o primeiro acabou. Rigoni recebeu o lançamento no campo de ataque e bateu de primeira, mas o chute saiu pela linha de fundo. No lance seguinte, Igor Gomes arriscou de fora da área, obrigando Marcelo Lomba a voar e mandar a bola pela linha de fundo.

Aos oito minutos, o Inter escapou de sofrer o segundo gol. Reinaldo driblou Saravia, cruzou a meia altura, mas o toque de Igor Gomes acabou saindo ao lado do gol colorado. Sentindo a superioridade do adversário, Diego Aguirre promoveu mais uma alteração. Juan Cuesta, novidade no time com a ausência de Yuri Alberto, saiu para a entrada de Gustavo Maia. 

Mas a chance de fazer o gol foi mais uma vez do São Paulo e em mais um contra-ataque. Rigoni arrancou do meio de campo, limpou o marcador e deixou Luciano na cara do gol, mas o camisa 11 se atrapalhou e bateu mal para a linha de fundo. 

Aos 24 minutos, o Inter chegou ao ataque mais uma vez. Gustavo Maia, ex-São Paulo, quase fez a lei do ex acontecer no Morumbi. O camisa 7 do Inter recebeu na intermediária, ajeitou o corpo e bateu buscando o canto de Tiago Volpi, mas a bola saiu para a linha de fundo.

O São Paulo seguiu pressionando o Colorado em busca de ampliar o placar. Léo recebeu cruzamento da esquerda e tocou de cabeça, mas a bola parou nas mãos de Marcelo Lomba.

Pensando em não perder Saravia, pendurado com dois cartões amarelos, Aguirre fez mais uma troca. Zé Gabriel entrou no lugar do lateral argentino. Mas isso não mudou o resultado em campo.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »