27/12/2021 às 13h43min - Atualizada em 27/12/2021 às 13h43min

Cinco províncias da Argentina são atingidas por incêndios florestais

GZH
 

Desde as últimas semanas, os incêndios florestais têm preocupado o governo argentino. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, o  combate aos focos de incêndios continua neste domingo (26) em cinco províncias da Argentina, luta que já dura quase um mês. No momento, nenhum morto, ferido ou evacuações foram relatados.

 Os incêndios estão ocorrendo no período da primavera meridional e nos primeiros dias do verão, épocas que mantêm condições climáticas adversas, como calor, mudança de ventos e seca. Río Negro, Chubut e Neuquén (sul), Misiones (norte) e Entre Ríos (centro-leste) são as cinco províncias argentinas que registram fontes ativas de fogo.

As áreas mais afetadas desde o início de dezembro estão no sul da Patagônia, onde as chamas consumiram milhares de hectares de mata nativa, incluindo as valiosas espécies de araucárias.

Fogo e fumaça podem ser vistos em florestas não muito distantes de centros turísticos como o Lago Aluminé, o Lago Nahuel Huapi e a cidade de Bariloche, vizinha da Cordilheira dos Andes, que fica a cerca de 1.600 km a sudoeste de Buenos Aires.

Segundo relatório divulgado pelo governo, os surtos foram controlados nas províncias de Buenos Aires (centro-leste), Santa Fé (centro-leste) e Tierra del Fuego (extremo sul). Os brigadistas e bombeiros continuam trabalhando com o apoio de hidrantes e helicópteros do Sistema Nacional de Gerenciamento de Incêndio do Estado.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »