27/12/2021 às 13h45min - Atualizada em 27/12/2021 às 13h45min

Combate ao contrabando causou R$ 9 milhões de prejuízo ao crime em 2021

Jornal Noroeste

O 4º Batalhão de Policiamento de Área de Fronteira (BPAF), com sede em Santa Rosa, deverá finalizar nos próximos dias o balanço geral das ações desenvolvidas durante 2021, no combate à prática do contrabando e descaminho na região.

Porém, o balanço preliminar, do qual o Jornal Noroeste teve acesso, aponta que ao longo do ano, através da Operação Hórus, a Brigada Militar apreendeu mais de uma tonelada de drogas, entre cocaína e maconha, além de cigarros e bebidas de procedência estrangeira e que entraram no país de forma clandestina ou ilegal pela fronteira com a Argentina. As apreensões, que incluíram também veículos usados pelos contrabandistas, ultrapassam R$ 9 milhões de prejuízo ao crime.  

Em maio, quando o Jornal Noroeste publicou levantamento da operação, o 4º BPAF já registrava a apreensão de mais de 20 mil garrafas de vinho. O ano, segundo a major Vanessa Peripolli, subcomandante do Batalhão, deverá fechar com a apreensão de 40 mil unidades de bebidas, das quais, mais de 31 mil garrafas de vinho argentino. Outras bebidas, como cachaça, uísque e cerveja, também integram a lista do contrabando.

Em relação as drogas, até o momento deram entrada na região, através do Rio Uruguai, 35,9 kg de cocaína e 1.100 kg de maconha, além de 51.020 maços de cigarro. Nos primeiros cinco meses do ano foram apreendidos 8kg de cocaína e 345kg de maconha. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »