30/12/2021 às 09h30min - Atualizada em 30/12/2021 às 09h30min

Inter terá que ser criativo para contratar reforços no estilo de comando de Medina

Time terá que reapresentar jogadores em 11 de janeiro, após período de férias

Correio do Povo

Sem muito dinheiro, o Inter vai usar criatividade e o conhecimento de mercado para tentar disponibilizar reforços para o técnico Alexander Cacique Medina até o dia 11 de janeiro, data da reapresentação dos jogadores após as férias. Além de agregar qualidade, o objetivo é adaptar o grupo às características e ao estilo de jogo que o novo comandante pretende impor ao time colorado.

Por isso, os reforços do Inter precisam entregar intensidade, força física e ofensividade quando estiverem em campo. De forma aberta e transparente, o diretor executivo Paulo Bracks declarou que o clube procura reforços para cinco posições: lateral-direito, volante, centroavante e extremas (atacantes que atuam pelas pontas).

As tratativas estão avançadas em alguns casos. Um dos reforços mais próximos do CT Parque Gigante é Wesley Moraes, 25 anos, cujos direitos pertencem ao Aston Villa-ING. Ele tem estatura e se adapta ao jogo físico e rápido que quer Medina. A ideia é trazê-lo com um contrato de empréstimo de um ano, pelo menos, mas outros clubes também disputam o centroavante.


Para os lados, o clube negocia com Marinho, do Santos, que já teve uma passagem extremamente apagada pelo Inter. Para ter o jogador, os dirigentes colorados contam com dois trunfos que devem ser usados na negociação: uma dívida de quase R$ 5 milhões que o Santos mantém desde a contratação de Eduardo Sasha e possibilidade de prorrogar por mais seis meses a permanência de Marcos Guilherme, que é do Inter, na Vila Belmiro.

Porém, Marinho já deixou claro que deseja jogar no Exterior e só optará pelo Inter se não chegar de fora uma proposta que lhe pareça mais interessante.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »