15/02/2022 às 11h02min - Atualizada em 15/02/2022 às 11h02min

Polícia Federal deflagra operações contra o tráfico internacional de drogas

GZH

A Polícia Federal cumpriu nesta terça-feira (15) 39 mandados de prisão e 47 de busca e apreensão em duas operações contra o tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro. As ações estão sendo realizadas em diferentes Estados brasileiros e contam com a colaboração de agências de outros países, de acordo com a corporação.

Na Operação Turfe, são 20 mandados de prisão e 30 de busca e apreensão no Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, além de diligências no Paraguai, Espanha e Emirados Árabes.

O alvo é uma organização criminosa que compra drogas na Bolívia e na Colômbia e distribui o produto no Brasil e no mercado europeu. Ao longo de 18 meses de investigação, foram apreendidas mais de oito toneladas de cocaína no Brasil e na Europa, além de R$ 11 milhões. O grupo é acusado ainda de lavar dinheiro na compra e venda de cavalos de corrida e, por isso, o nome da operação.

Segundo a Receita Federal, que também participa da operação, a Justiça Federal também decretou o sequestro de aproximadamente R$ 250 milhões em bens. Ainda de acordo com a nota, a investigação teve início há cerca de um ano e meio e identificou uma organização criminosa que atua no transporte de cocaína da fronteira oeste do Brasil até portos do Rio de Janeiro e São Paulo. 

"A droga era inserida em contêineres a serem exportados, utilizando-se da prática conhecida como rip on rip off, que consiste em utilizar uma exportação legítima para enviar a droga ao exterior".

Na Operação Brutium, são 19 mandados de prisão e 17 de busca e apreensão nos Estados do Rio, Santa Catarina e São Paulo. O alvo é outra organização criminosa, que compra drogas na Bolívia e no Peru e revende para a Europa, com a ajuda de duas facções criminosas brasileiras.

A ação conta com o apoio das polícias da França, Bélgica, Espanha, Marrocos e Estados Unidos. Em dois anos de investigação, foram apreendidas duas toneladas de cocaína e R$ 3,5 milhões.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »