21/02/2022 às 16h36min - Atualizada em 21/02/2022 às 16h36min

“Dano da estiagem nas Missões é avassalador”, afirma presidente da FecoAgro-RS

Rádio Missioneira
 

As chuvas que atingiram de forma irregular a região das Missões na noite de domingo (21) ajudaram algumas localidades a sair da situação de agonia que viveram nos últimos dias em função da estiagem. Segundo Paulo Pires, presidente da Coopatrigo e da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Rio Grande do Sul (FecoAgro-RS), as precipitações que ocorreram agora no Estado apenas ajudarão a amenizar o impacto na pecuária, já que as perdas nas lavouras de soja estão consolidadas.

Paulo Pires lamentou a situação registrada na região e avaliou como sendo de proporções impressionantes. “É algo que eu nunca vi. O dano da estiagem nas Missões é avassalador”, disse. Segundo ele, a quebra na safra de soja no Estado já é de 63%, sendo talvez, a maior da história.

Por fim, Paulo Pires considera que o Governo Federal está enfrentando grandes amarras na questão orçamentária, o que dificulta a destinação de recursos para atender os produtores rurais afetados pela estiagem.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »