15/03/2022 às 14h11min - Atualizada em 15/03/2022 às 14h11min

Três milhões de pessoas já deixaram a Ucrânia, e quase metade são crianças, diz agência da ONU

GZH

Mais de 3 milhões de pessoas fugiram da Ucrânia desde que a Rússia iniciou a invasão do país, em 24 de fevereiro, anunciou uma agência da ONU nesta terça-feira (15). Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), do total de refugiados, 1,4 milhão são crianças.

— Chegamos ao número de 3 milhões de pessoas — disse o porta-voz da OIM, Paul Dillon, à imprensa em Genebra.

A Polônia é o país que mais recebeu refugiados da Ucrânia. De acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), 1,79 milhão de ucranianos encontraram refúgio no país desde o começo da guerra.

Romênia, Hungria e Moldávia também receberam um número importante de ucranianos que fugiram da ofensiva iniciada pela Rússia.

Na segunda-feira (14), uma autoridade ucraniana informou que quase 150 mil pessoas conseguiram deixar a Ucrânia por corredores humanitários desde o início da invasão. Esses corredores estão operando nas regiões de Kiev, Sumy (350 quilômetros a nordeste da capital), Kharkiv (nordeste do país) e Zaporizhia (leste), segundo Tymoshenko.

Nas regiões de Donetsk e Luhansk, dois territórios separatistas pró-Rússia no leste da Ucrânia, civis também conseguiram fugir dos combates usando os corredores.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »