24/03/2022 às 13h58min - Atualizada em 24/03/2022 às 13h58min

Grêmio lamenta confusão envolvendo funcionário terceirizado da Arena

Tricolor diz ter aberto um Boletim de Ocorrência ao término da partida

Correio do Povo

O Grêmio se manifestou na manhã desta quinta-feira sobre o episódio envolvendo um funcionário terceirizado da Arena após o fim do Gre-Nal. O homem teria provocado os jogadores do Grêmio e iniciado uma briga no gramado – ele foi detido pelos seguranças do clube.

Conforme a nota do clube, o funcionário teria incitado a torcida Tricolor, provocando goleiros e demais atletas durante o aquecimento. Ao final da partida, segundo informações da Rádio Guaíba, o homem passou pelo túnel provocando atletas gremistas, gritando "Segunda divisão". Depois, arremessou uma garrafa de água na direção do goleiro reserva Adriel. 

O jogador revidou e isso acabou motivando uma confusão no gramado. Jogadores e membros da comissão técnica foram para cima e acabaram agredindo e imobilizando o autor. Posteriormente, foi encaminhado para fora do gramado pelos seguranças. O Grêmio lamentou o episódio e disse que fez um boletim de ocorrência (BO) relativo ao fato. 

Esse não foi o único episódio de violência na Arena. Em certo momento, torcedores do Inter que estavam nas superiores arremessaram cadeiras e sinalizadores em direção à arquibancada gremista. No gramado, Bruno Méndez e Ferreira também protagonizaram cenas de palavrões e empurra-empurra – ambos foram expulsos.

O fato motivou o questionamento ao presidente Romildo Bolzan Jr sobre a opção de torcida única nos próximos clássicos: “Seria a falência do futebol, um Gre-Nal com torcida única. Eu prefiro trabalhar a ideia de banir, buscar responsáveis, buscar as organizações que trabalham assim, e bani-los do futebol”, disse o dirigente.

Confira a nota completa 

O Grêmio FBPA, para fins de esclarecimento, traz um breve relato sobre o episódio ocorrido ontem na Arena, no campo de jogo, logo após o término da partida entre Grêmio x Internacional, envolvendo um  trabalhador terceirizado pela gestora do estádio.

Antes de iniciar o clássico,  o homem incitou a torcida do Grêmio, provocando os goleiros e demais atletas durante o aquecimento, no pré-jogo. Este  fato foi relatado pelo orientador de campo ao seu superior (ambos também contratados pela gestora), e, por este, ao Centro de Controle Operacional (CCO) da Arena. Ambos os profissionais  serviram como testemunhas no Boletim de Ocorrência (BO) relativo ao fato. 

Ao término da partida, o mesmo terceirizado voltou a provocar os atletas do Grêmio, com gestos e palavras ofensivas, dando início à confusão generalizada.

Tanto este relato, quanto os depoimentos das referidas testemunhas citadas acima, foram registrados no BO.

O Grêmio lamenta mais um episódio triste neste histórico recente de incidentes que mancham a imagem do clássico Gre-Nal.

 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »