25/03/2022 às 09h37min - Atualizada em 25/03/2022 às 09h37min

Prévia da inflação sobe 0,95% em março, maior alta para o mês desde 2015, diz IBGE

Variação menor do IPCA-15 do que a apurada em fevereiro foi impulsionada pelo preço dos alimentos

Correio do Povo

A prévia da inflação oficial de preços no Brasil avançou 0,95% em março. A variação, guiada pela alta dos alimentos, é a maior para o mês desde 2015, apontam dados divulgados nesta sexta-feira (25) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O resultado representa uma desaceleração em relação ao salto de 0,99% nos preços apurado pelo IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor - 15) para o mesmo período do mês passado.

Com a sequência de altas, o indicador já acumula ganho de 2,54% no primeiro trimestre deste ano, acima da taxa de 2,21% registrada em igual período de 2021. Em 12 meses, a variação do indicador é de 10,79%. No período, houve variações positivas em todos os nove grupos de produtos e serviços pesquisados, com destaque para a disparada de 1,95% dos itens que compõem o grupo de alimentação e bebidas.

A alta dos alimentos é atribuída à influência de fatores climáticos como estiagem no Sul e chuvas no Sudeste. Com isso, houve disparada dos preços da cenoura (45,65%), do tomate (15,46%) e das frutas (6,34%). As variações positivas atingiram ainda os preços da batata-inglesa (11,81%), do ovo de galinha (6,53%) e do leite longa vida (3,41%). Por outro lado, apresentaram queda os valores do frango em pedaços (-1,82%), cujos preços já haviam caído em fevereiro (-1,31%).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »