06/04/2022 às 08h45min - Atualizada em 06/04/2022 às 08h45min

Inter visita 9 de Octubre no começo da luta pelo bicampeonato da Sul-Americana

Após duas semanas de treinamento, Colorado volta aos gramados em Manta no Equador

Correio do Povo
Em uma análise realista de suas possibilidades na temporada, o Inter conclui que não será campeão brasileiro. Sua pretensão é fazer uma campanha digna, de preferência sem sustos. Mas, por outro lado, acredita que a Copa Sul-Americana se apresenta como uma oportunidade real de voltar a conquistar títulos, encerrando um jejum que dura seis anos. A caminhada começa na noite desta quarta-feira, em Manta, no litoral equatoriano, onde o time colorado enfrenta o 9 de Octubre às 21h30min. 

A competição sul-americana, por não contar com os principais clubes da Argentina e do Brasil, é considerada mais acessível aos colorados. Por isso, o clube enfrentará a competição como prioridade. Para a viagem ao Equador, a diretoria fretou um avião, que além de levar a delegação até Manta, também fará o trajeto até Belo Horizonte, onde o clube estreia no Campeonato Brasileiro diante do Atlético Mineiro, neste domingo. 

Pelos fracassos na Copa do Brasil e no Gauchão, o Inter começa a Sul-Americana pressionado. Além de melhores resultados, o time colorado precisa apresentar um rendimento superior, algo que só aconteceu sob o comando de Alexander Cacique Medina nas duas vitórias em Gre-Nais. O técnico, apesar do longo tempo que teve para trabalhar a equipe, não deverá apresentar novidades no Equador. Na realidade, a base é a equipe que caiu do Gauchão.

Sem Wanderson, Moisés, D’Alessandro, David e Victor Cuesta, que ficaram em Porto Alegre por problemas médicos, Medina deve manter o esquema trabalhado desde janeiro, com poucas mudanças de nomes. Liziero ganhará uma sequência na lateral-esquerda, abrindo uma brecha para Johnny no meio-campo. No setor ofensivo, Wesley Moraes, que marcou apenas um gol com a camisa colorada, será o único atacante de ofício, sendo ajudado por Taison, Maurício e Edenilson. 

“Tivemos uma semana e pouco de treinos. Estamos muito entusiasmados, porque é uma competição que o Inter já ganhou. Queremos fazer uma boa estreia”, afirmou, nesta terça-feira, o zagueiro Bruno Méndez. “O Inter é um time grande. Entra na competição para brigar pelo título. Não temos bons resultados, mas estamos trabalhando para melhorar”, segue. 

O regulamento da Sul-Americana é perigoso. O time colorado e o 9 de Octubre estão no grupo E junto com Independiente, da Colômbia, e Guaireña, do Paraguai. Apenas um deles passa para as oitavas de final. A final do torneio, vencida pelo Inter de Tite em 2008, será disputada em 1º de outubro, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Copa Sul-Americana - Fase de Grupos
9 de Octubre
Jorge Pinos; Marco Cangá, Manuel Lucas, Darwin Torres e Glendys Mina; José Cazares e Renny Jaramillo; Mauro Da Luz, Danny Luna e Phillips; Newton Williams. Técnico: Juan Carlos León. 

Inter
Daniel; Bustos, Kaique Rocha, Bruno Méndez e Liziero; Gabriel e Johnny; Edenilson, Mauricio e Taison; Wesley Moraes. Técnico: Alexander Medina.

Arbitragem: Andres Merlo (ARG). 
Auxiliares: Facundo Rodríguez e Pablo González (ARG). 
VAR:  Rodolfo Otero (ARG). 
Data e hora: Quarta-feira, 06 de abril de 2022. 
Local: Manta, no Equador. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »