25/06/2019 às 10h33min - Atualizada em 25/06/2019 às 10h33min

Frigorífico Estrela, de São Luiz Gonzaga, deve começar a exportar carne para a China a partir de 1º de julho

Rádio Missioneira

Habilitado para exportar carne para a China, o Frigorífico Estrela deve iniciar essa atividade no mês de julho. A informação é do senador Luiz Carlos Heinze (PP), que foi entrevistado no programa Jornal da manhã, da Rádio Missioneira, desta terça-feira (25) e falou sobre este e outros assuntos de governo, como o Plano Safra e Decreto das Armas.

Conforme o Senador, o mercado chinês paga bem e isso significa mais lucro, não apenas para o Frigo Estrela, mas para toda a cadeia produtiva que abastece a empresa. Heinze destacou a satisfação em poder ajudar na conquista de novos mercados para o Frigorífico, que emprega cerca de 700 funcionários em São Luiz Gonzaga.

Sobre o Plano Safra, anunciado neste mês de junho, o Senador acredita que o mesmo foi elaborado em um realidade de escassez de recursos, porém, mesmo assim, ocorreu aumento positivo em alguns itens, como no Pronaf, cujo recurso passou de R$ 26 bilhões para R$ 31 bilhões. Outro que aumentou foi o recurso do Pronamp, para custeio e investimentos.

Ele também falou sobre a votação do Decreto das Armas, que representou uma derrota recente para o governo Bolsonaro no Senado. Segundo Heinze, os primeiros problemas surgiram já na questão da inconstitucionalidade do decreto. Para o entrevistado, ainda há um desconhecimento geral da população sobre algumas propostas do governo, que, por exemplo, facilitam o processo de registro de armas, o que é diferente de ostentar o armamento.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »