09/12/2019 às 14h26min - Atualizada em 09/12/2019 às 14h26min

20 de Dezembro abre as portas o free shop de Porto Mauá

Portal Plural

No dia 20 de Dezembro abre as portas o free shop de Porto Mauá, operado pelo grupo Liberty. O grupo é formado pelas famílias, Carminatti do Paraná, Coll de Montevidéu no Uruguay e Liedtke da Argentina.

A expectativa é de grande movimentação para compras natalinas a cidade tem programação de Natal com comércio aberto e diversas atrações. A primeira Loja Free Shop na região na cidade de Porto Mauá, em um espaço de aproximadamente 500m². Nesse primeiro espaço serão vendidos: bebidas, perfumes, maquiagens, equipamentos eletrônicos, relógios, chocolates.

A segunda loja está prevista para abrir as portas em março de 2020, ao lado da primeira onde serão comercializadas confecções de roupas importadas, marcas conhecidas por pessoas que buscam produtos nas fronteiras. O prédio, ao lado da primeira loja, será um segundo espaço também de 500m².

Em março de 2018 a Receita Federal publicou a regulamentação que liberava a abertura de lojas francas em fronteiras terrestres no Brasil. A partir de então, estavam livres a funcionar lojas como as que operam em portos e aeroportos, conhecidas como free shop, com regime aduaneiro especial para vender mercadorias nacionais ou estrangeiras sem cobrança de impostos para passageiros em viagem internacional, com pagamento na moeda nacional ou estrangeira.

Nos free shops poderão gastar até US$ 500, com isenção a cada 30 dias. O que ultrapassar esse valor será taxado com a alíquota de 50%. Os brasileiros também poderão realizar compras nas lojas do lado de cá da fronteira, diferentemente do que ocorre, por exemplo, no Uruguai, onde a população local não é permitida a realizar compras nos free shops do seu país: “Hoje a população da nossa região percorre cerca de 400 ou 500 km para realizar compras, agora vão percorrer 100 ou 200 km comprando aqui na nossa cidade”, disse Leocir.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »