24/02/2020 às 07h11min - Atualizada em 24/02/2020 às 07h11min

Homem é preso com mais de 1,2 mil arquivos de pedofilia

GaúchaZH
Um morador de Cachoeirinha foi flagrado por policiais civis com mais de 1,2 mil arquivos de pornografia infantil armazenados em seu computador. Eram fotos e vídeos de crianças em poses sensuais e sendo vítimas de abuso. O flagrante foi feito na sexta-feira (21), por agentes da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA) de Canoas. Os policiais descobriram que o homem preso era o principal fornecedor de imagens de pornografia infantil de uma rede de troca de conteúdos virtuais que age na Região Metropolitana de Porto Alegre. Os policiais enquadraram o homem, que teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, nos crimes de pedofilia e uso de documento falso. É que, para evitar ser reconhecido, ele informava comprovante de endereço em nome de outra pessoa. O nome do preso não foi revelado. Foi o segundo morador de Cachoeirinha flagrado por armazenamento de imagens de pornografia infantil em uma semana. O outro homem foi surpreendido na quarta-feira, durante operação policial internacional contra pedófilos. As duas ações fazem parte da Operação Innocentia, diz o delegado regional da Polícia Civil de Canoas, Mário Souza. Em um ano, 15 pessoas foram presas nesse tipo de iniciativa, que tem caráter permanente.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »